Como tirar uma empresa do papel

O segredo de como tirar uma empresa do papel as vezes emperra todo um projeto de sucesso e portanto, passa a ser dado essencial para qualquer iniciativa empreendedora. Só que esse caminho nem sempre é tão claro assim.

Aqui em nosso site já discutimos algumas vezes questões relativas a como tirar uma empresa do papel e transformar sonhos em realidade, mas uma palestra do empresário e consultor Marcelo Pimenta na Campus Party, deu algumas dicas que podem fazer toda a diferença.

Abaixo reproduzimos alguns trechos dessa palestra que certamente vão ajudá-lo(a) a tirar uma empresa do papel e trazê-la para o mundo real.

O passo  a passo de como tirar uma empresa do papel

A equipe do Meu Próprio Negócio listou os principais pontos de um roteiro para transformar uma boa ideia em um negócio concreto. Confira abaixo o passo a passo de como tirar uma empresa do papel

1 – Acredite no seu sonho e em você

“Se você não acredita em você mesmo, não vai conseguir convencer o cara que vai te alugar o escritório ou sua loja, nem parceiros, nem seus clientes. Vocês precisam acreditar que podem.”

O caminho para tirar seus sonhos do papel e transformá-los em realidade nem sempre são fáceis, mas se você não acreditar no seu próprio projeto ao ponto de defendê-lo como um filho querido, sua moral pode enfraquecer e ai, vencer os obstáculos fica bem mais difícil.

2 – Não existe limite para negócios

No ambiente empreendedor de hoje em dia, bebês e caixões podem virar negócio, do nascer até o morrer. Existem milhares de coisas e segmentos que podem ser palco para o empreendedorismo, fazendo vídeo, teatro, música.

Vivemos em uma época onde não há limite sobre o que você pode ou não empreender. Se você tem uma boa ideia de negócio, o céu é o limite.

“Você pode ganhar dinheiro com o que você imaginar. Se você pensar ‘isso ninguém nunca fez’, melhor ainda. É a oportunidade de ouro, pois está cada vez mais difícil de achar isso”. Não existe negócio fácil e nem limites se você está “afim de ralar” para chegar no topo.

3 – Crie um modelo de negócio realmente inovador

O modelo de cópia que funcionou durante muitos anos, principalmente nos negócios online, simplesmente não funciona mais. Criar um modelo de negócio que incorpore inovaçõesdesde o início é muito importante, pois será mais fácil se adaptar ao que vier pela frente.

“A gente não controla fatores externos, mas temos controle sobre o nosso modelo de negócio e como operamos”. Por isso, criar um modelo de negócio que abrace a inovação desde o início é muito importante, pois será mais fácil se adaptar ao que vier pela frente.

4 – Saia em busca de mais informações

No cenário empreendedor moderno, é importante tanto “matutar” dentro de casa suas ideias e reunir o maior número de informações sobre o setor ou clientes, mas é fundamental ir à campo para fazer pesquisas e perguntar para as pessoas o que elas precisam e querem.

“As cosias acontecem na rua, não mais dentro de casa. O empreendedor necessita conversar com os clientes e  possíveis parceiros. É aí que você vai validar se o problema existe e saber se esse negócio realmente existe. A etapa de validação da sua ideia de negócio é fundamental antes de ir em frente.”

Complementando, Marcelo afirmou que “Não existem fatos dentro do escritório. Se vai criar um negócio, que ele seja uma escola”.

5 – Promova modificações caso seja necessário

De nada adiante se apaixonar pela ideia inicial, pois um negócio pressupõe clientes. Seus produtos e serviços são feitos para seu consumidor, não para você. Por exemplo: não adianta abrir uma padaria as 11h, se o cliente compra o pão as 7h. Os usos e costumes são mais forte do que a sua “ideia genial”.

“Você tem que mudar o que for necessário, apaixonar-se pela viabilidade do projeto, não pela ideia original. Se não é isso que quer, mude de negócio.”

Roteiro para tirar uma empresa do papel

6 – Comece a vender para confirmar o modelo

Um dos segredos de como tirar uma empresa do papel é começar o negócio. Não fique esperando as coisas acontecerem. Abra sua pizzaria, por exemplo, comece com festas em casa ou em outro local, vá galgando espaço, visibilidade e clientela. Mas comece a fazer as coisas acontecerem!

A atitude ajuda a aprender muito para a hora H. “Isso vai ajudar a desenvolver o produto e aí as pessoas terão mais clareza de onde precisarão colocar seus investimentos para valer.”. A experiência de campo é um dos melhores professores.

7 – Estruture seus processos comerciais e administrativos

“Planeje antes de crescer para garantir a gestão da qualidade do seu serviço ou produto, porque você precisa garantir a qualidade que foi combinada com o cliente”, aconselhou Pimenta.

Um erro fatal é crescer sem que a qualidade acompanhe a demanda, pois os clientes vão se decepcionar e ir embora. Estipular processos e padrões irá garantir que essa qualidade seja sempre a mesma e com isso seus clientes se tornem consumidores fiéis.

8 – Controle o desempenho

“Quem não mede, não gerencia”, é uma máxima dos negócios. É importante estipular indicadores que mostrem números e tragam informações da qualidade e desempenho do seu produto, serviço ou atendimento. No caso de um aplicativo, por exemplo, bons indicadores seriam:

  • Por quanto tempo os usuários usam meu aplicativo?
  • Quantos downloads são feitos por dia/semana/mês?
  • Quantos usuários pagam recursos extras do app?
  • Quantos ficam apenas com a versão free?

Determine indicadores de negócio, os famosos KPIs – Key Performance Indicators, e aqueles que fazem sentido para o seu setor e meça os números.No mundo online você conta com ferramentas sensacionais como o Google Analytics, só para citar um exemplo.

É importante construir ferramentas de gestão que possam ser analisadas e a tecnologia ajuda nessa questão. “Mas você precisa conhecer os indicadores do seu negócio.”

9 – Não pare de inovar

Se a sua empresa chegou em um nível de amadurecimento em que você está satisfeito com o rumo do seu negócio e os clientes estão gostando dos produtos ou serviços que você oferece, não relaxe. “Acomodação é a morte”, contou Pimenta. É essencial sempre descobrir novos sabores para uma loja de cupcakes, trazer referências e tendências de fora e continuar fazendo coisas novas para que a concorrência não chame a atenção do seu consumidor.

Quando as coisas se estruturam de vez, está na hora de inovar. Inovação é fundamental para continuar atendendo às expectativas do cliente. E aproveite o caminho, a estrada não tem fim!

Se você achava que a descoberta de como tirar uma empresa do papel era uma etapa, o aperfeiçoamento e inovação, são rotinas. Mantenha-se atualizado assinando a nossa Newsletter.

Por Rodrigo Lima

Como tirar uma empresa do papel
5 (100%) 17 votes