Como montar um food bike

Esta parece ser a tendência da vez e saber como montar um Food Bike pode ser uma ótima opção para quem deseja montar seu negócio próprio e não tem capital suficiente para entrar de cara com um Food Truck.

É certo que os food trucks são a sensação do momento e vem tomando as ruas das grandes metrópoles brasileiras que já possuem legislação específica para isso, mas também é certo que o investimento inicial é muito alto. Portanto, na falta do truck, vamos de bike mesmo.

A equipe do Meu Próprio Negócio pesquisou e reuniu algumas dicas para quem deseja saber como montar um food bike e começar seu próprio negócio. A boa notícia é que o investimento é bem menor do que em um food truck e a burocracia para montar o negócio também.

A expansão das ciclovias em grandes centros urbanos como Rio de Janeiro e São Paulo é um outro fator para o crescimento do negócio.

1 – Entendendo o conceito do food bike

Antes de discutimos mais profundamente como montar um food bike, é importante conhecer bem o modelo de negócio. Uma food bike nada mais é do que uma versão miniatura da estrutura de um food truck, obviamente, adaptada às limitações que o veículo oferece.

Em função dessas limitações, o foco do negócio é ligeiramente diferente dos food trucks, já que servir pratos mais sofisticados contando com uma estrutura limitada é muito difícil, mas isso não afasta você do segmento de refeições rápidas.

Se por um lado a food bike perde em termos de recursos para o negócio, ela ganha em termos de mobilidade, pois por se tratar de um veículo mais leves, ela pode estar em locais que um trailer dificilmente teria acesso.

É importante que antes de pensar em como montar um food bike você compreenda o conceito do negócio, para ai sim, poder focar no produto e depois na estrutura que será necessário, e obviamente o investimento.

   Não deixe de ler o artigo Como Montar Um Food Truck

2 – A primeira dica sobre como montar um food bike

O primeiro passo para montar um food bike de sucesso é identificar muito bem o público que você deseja atingir e quais são suas necessidades. Isso será útil para que você possa definir seus produtos, o tipo de bike que irá precisar, localização da food bike e até mesmo a forma como irá divulgar o negócio.

O público consumidor de uma food bike é bem diferente do assistido pelos food trucks. Enquanto no caso dos caminhões, o alvo são pessoas que buscam por uma refeição completa, do tipo prato mesmo, as food bikes tem como foco a alimentação rápida, sanduíches, guloseimas como doces e até mesmo bebidas.

    Confira algumas dicas no artigo Como Ganhar Dinheiro Com Comida

3 – Defina o seu produto a ser vendido na sua food bike

Definido o seu público-alvo da sua food bike, agora é hora de determinar quais os produtos que você irá oferecer. Você talvez esteja estranhando falarmos no produto que você estará oferecendo em sua food bike antes mesmo de falarmos a bike em si.

Isso acontece devido ao fato de que essa escolha é que determinará o modelo de bike a ser adquirido. Por isso, dedique o tempo que for necessário para definir esta etapa, pois ela irá definir diversos pontos do seu projeto.

Para quem quer saber como montar um food bike de sucesso, vai a dica que talvez seja a mais valiosa de todas, não complique o produto.

Ofereça um produto simples,de preferência já pronto, como docinhos, salgados, bebidas e sanduíches. Lembre-se que os recursos de preparo em uma food bike são bem escassos.

Uma tendência muito clara neste mercado é a Gourmetização, ou seja trabalhar com produtos conhecidos mas diferenciados, como brigadeiros gourmet, brownies, sanduíches prontos bem sofisticados e outras iguarias bem elaboradas e apresentadas.

4 – Informe-se sobre a legislação em sua cidade

Com o público e produto em mente, é hora de verificar se a legislação da sua cidade permite este tipo de negócio, e em que condições.

Cidades como São Paulo, o berço dessa onda de comida sobre rodas, Rio de Janeiro e Belo Horizonte já possuem legislação específica para este tipo de comércio.

Como a burrocracia no Brasil é sempre um obstáculo, a questão de montar o food bike é até relativamente simples e o problema real passa a ser a legislação.

Em cidades que ainda não possuem regras para este tipo de negócio, geralmente são aplicadas as normas relativas a vendedores ambulantes.

5 – Quanto custa montar um food bike?

Uma das grandes vantagens do food bike para os food trucks é justamente o preço. Para fazer a adaptação de uma bicicleta ou triciclo para trabalhar como food bike, os valores vão de R$ 2 mil, podendo nos casos mais sofisticados, alcançar a marca dos R$ 15 mil.

Tudo depende dos recursos que você irá precisar. Entre bikes e triciculos adaptados para essa atividade você encontrará uma infinidade de modelos.

Para reduzir ainda mais os seus custos iniciais, se você ou um conhecido tiver habilidade manual e alguns conhecimentos de mecânica de bicicletas, você pode como alternativa, fazer a sua própria adaptação e customização, o que em alguns casos não é difícil e certamente vai poupar muito dinheiro.

Lembre-se que a divulgação do seu food bike passa muito pela bike em si. Por isso, tente criar um modelo diferenciado, com cores chamativas e harmoniosas para que a bike seja facilmente identificada e atraia clientes também pelo seu visual.

Caso você opte por partir para uma bike já adaptada, existem alguma opções de empresas especializadas em food bikes:

Outra opção é pesquisar na seção de food bikes do Mercado Livre, onde você encontrará opções nas mais variadas faixas de preço e modelos.

6 – Divulgação da sua food bike

Outra dica interessante para quem esta interessado em saber como montar um food bike é ter um cuidado especial com a divulgação.

Assim como no caso dos food trucks, a melhor forma para divulgar o seu negócio é através da Internet, pois além de apresentar um custo bem menor do que as mídias convencionais, atinge um público que tem a cara do movimento Comida Sobre Rodas.

Os melhores canais para fazer essa divulgação são indiscutivelmente o Facebook, Twitter e até mesmo o Instagram, já que uma foto bem tirada do produto que você comercializa, pode causar aquele desejo irresistível de passar por onde você estar e comer.

Agora que você já sabe como montar um food bike, o que acha da proposta como opção para montar seu próprio negócio. Mantenha-se atualizado sobre food bikes e outras oportunidades de negócios, assinando a nossa Newsletter.

 

1 COMENTÁRIO

  1. Olá Pessoal

    Adorei as dicas de como montar um food bike. Sou universitária e tenho a tarde livre, o que poderia usar para ganhar um dinheiro extra, vendendo docinhos caseiros.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here